Horas depois de meu marido morrer nas minhas mãos, a vizinha, que tinha perdido o marido há poucos meses da mesmíssima maneira, atravessou o saguão que nos separava para unir suas mãos às minhas e me dizer “A vida da gente muda em um segundo”.

Muda.

Muda sim.

As mudanças demoram eras e eras para acontecer, mas, quando acontecem, são coisas de mili-nano-segundos (os hífens são meus e eu faço o que quiser deles).

Mudar para não mudar é um clichê e há um motivo para isso: é a mais pura verdade.

Ao longo de tantos anos, quase duas décadas, o Drops – e eu – nos movimentamos. Mudamos de jeito, de cara, de logo, de estilo. De endereço. De estado civil. Quisemos uma coisa, depois outra. Tentamos desse jeito e daquele. Amamos aqui e ali. Amamos errado. Amamos certo. Nossa voz, quase a mesma, mas nossos cabelos, quanta diferença. Durante esses anos, contamos com amigos e mais amigos. Com leitores gentis. Com a sorte. Ah, nós demos tanta sorte. Tanta.

O Drops se movimenta, mais uma vez. Eu me movimento, mais uma vez. Aceitamos o que não podemos mudar. Bom, tentamos aceitar. E mudamos – furiosamente, eu diria – tudo o que conseguimos mudar.

Vamos mudar, portanto. De cara, de jeito, de estilo. O endereço continua o mesmo, porque não vamos mudar. É confuso, eu sei, as mudanças geralmente são.

A grande diferença dessa mudança é que não vou só.

O Drops da Fal cresceu demais, demais e não é mais empreitada para um lobo solitário. A Suzi Márcia está comigo, está no Drops e para o Drops, emprestando seu talento, sua imensa capacidade de trabalho, de força no empuxo e de rapidez de raciocínio não apenas à loja ou à editora, mas ao Drops. Todo, todo o Drops. A cada passo, letra, vírgula, caneca, suspiro. Ela tomou o Drops como dela e o Drops, esse Drops imenso, imenso, passa a ser o projeto de vida de duas mulheres. Passa a ser o principal objeto da atenção, do trabalho, do cuidado e do tempo de duas mulheres. Bem, bem. Duas mulheres e um monstro. Ah, sim, Maximus também está aqui.

É ainda preciso que eu diga: nada, nenhuma mudança, nenhum móvel se arrastaria sem essa graça, sem esse aconchego que se chama Guilda do Drops. Amigos de todas as partes e filosofias e olhares que, juntos, apoiam o Drops. Por amor. Por bem querer. Sou tão grata ao pessoal da Guilda. Sem cada uma dessas pessoas, o Drops não conseguiria dar um passo.

Então, vamos. Mudança. Mudança. Mudança.

Vamos seguir viagem.

O Drops não volta. O Drops não vai a lugar algum.

O Drops da Fal, o nosso Drops, volta já.

Fiquem firmes.

Amor, Fal.

Um amigo carioca chamado Valadares. Um amigo carioca chamado Valadares que me ligasse uma vez por semana ou pra quem eu pudesse ligar de quando em vez, a cada dez dias, que me fizesse rir, que risse do que digo, que me dissesse coisas engraçadas. Não quero sexo (calma, brasil), não quero romance, não quero morar com ninguém ou, Deus me ajude, enfiar alguém aqui em casa. Mas queria um amigo carioca (gosto do sotaque), chamado Valadares, que faça pausas nas frases pra tragar o cigarro e que odeie o governo. Sinceramente, não é pedir demais.

*

Talvez eu tenha cometido o melhor patê de alho do Brasil. A modéstia me impede de afirmar. Mas é. É sim.

*

O calor deste setembro serve a quem? Quem se beneficia com minha pele arranhada no tecido da camiseta mais fofa? Num guento mais.

*

Eu tive um amigo que amava café. Ganhei um daqueles trequinhos que moem grãos e estou me sentindo a pessoa mais cool do mundo. Queria contar pra ele, não posso. Sentimos que nunca acaba de caber mais dor no coração, não é assim a canção? Sentimos.

*

Cê olha no relógio. 19h12. Ah, vai dar tempo de fazer tudo. Cê olha no relógio. Meu Deus do céu, 22h35, não fiz porra nenhuma.

No prelo!

O nosso querido livro Coletânea de Minibiografias Quase Autorizadas está no prelo!
A contagem é regressiva e será breve.
Estamos ansiosas? Estamos.
Felizes e orgulhosas também.
As Editoras

Daqui da caverna, governamos o mundo.

Vem cá, meu bem

Repetir para Elaborar

Reclames do Drops

Rádio Drops

Piu Piu


O Drops agora tem loja com ecommerce.
Isso significa que você põe no carrinho, tira do carrinho, calcula frete, compra ou desiste, tudo sem precisar falar com ninguém, se não quiser.
Espia que lindo!
https://t.co/iSu86BLEhr

Hoje, Dia Nacional do livro, fiquem com essa preciosa recomendação da @TinahLopes
(Pequeno luxo que a nova configuração do site nos proporciona) #sitenovodoDrops
https://t.co/S3eywS6nah

Instagram

Águas Passadas