Textos sobre depressão

Textos sobre depressão. Todo mundo escreve, todo mundo lê. Os deprimidos, inclusive. Está mais do que na moda ter opinião sobre a depressão, a sua, a alheia. A solidão continua a mesma, a dor, o medo, os “vou dormir só mais cinco minutinhos” que se transformam em doze horas, as repetições, as autossabotagens. Tudo igual. Mas é cada texto, mano que, olha, que beleza.

Ainda é manhã de terça-feira, Batman.

Alguma coisa tem me incomodado profundamente. Nem estou falando do Brasil, porque o Brasil e eu desistimos um do outro faz tanto tempo. Num universo minúsculo, caseiro, pessoal e absolutamente limitado, tenho me sentido incomodada. Como se a gola da vida raspasse em meu pescoço. Meu blog. Meu blog tem me incomodado profundamente. As coisas que digo me incomodam. As escolhas que fiz. Que faço. Seu nome na boca de pessoas que eu nem gosto tanto assim? Me incomoda demais. Os horários. Os horários me incomodam. As mudanças. Alterações. A enorme quantidade de coisas em que devo me concentrar me incomoda muitíssimo. Não enxergar o essencial? Ah, incomoda sim. Velhos refrões, jargões e frases cretinas de propagandas dos anos 1990 me incomodam como se fossem moscas azuladas nojentas. Não me lembrar quando foi a última vez que nos vimos me incomoda demais. Quase certeza de que foi na casa dos amigos. Foi? Eu não me lembro. As coisas que não mudam me incomodam tanto quanto as que mudam. O momento da revelação. Amizades terceirizadas. O lacre da garrafa de leite. As garantias, a falta delas. Os vasinhos novos dos cactus. A inclusão dos outros na história. Os barquinhos. Palavras que não são minhas me deixam sem voz. Ando triste e cansada E sem voz. E incomodada.

Tanta gente gravou essa canção. Pra citar alguns, The meters, Johnny Cash, D. Brown, Keith Urban, Cassandra Wilson, W. Hutch, Kool &The Gang, Smokey Robinson and the Miracles Ray Charles, Andy Williams King Harvest e até o Ray Conniff, pelamor. Bom. O que o Conniff não gravou?

Mas minha versão preferida é essa, para todo o sempre. Com o Campbell.

and I need you more than want you

and I want you for all time

Isso é triste e lindo. E não tem solução.

Curso Online em 10 Lições de Escrita Criativa

Escrever é registrar.
Registrar é olhar em volta ou para dentro e ver e observar e analisar e sentir e perceber e conjecturar e projetar e racionalizar e enumerar e resumir e narrar e repetir-para-elaborar e planejar e compor planos mirabolantes, resenhas infernais, súmulas inquietantes, relatos coloridos, listas comoventes.


Registro é o que nos define. Somos os caras que registram. Antes da escrita, escavando ossos e desenhando nas paredes de cavernas e nas superfícies das rochas, espalhando flores em torno dos corpos sepultados de nossos entes queridos, produzindo utensílios e tratando peles de animais, nós registramos. Deixamos pegadas, impressões digitais, suspiros congelados no tempo, intenções anotadas, trilhas de migalhas metafóricas; registramos porque é o que nos resta e define, contempla e fascina.


Por acreditar muito nisso, o Drops lança hoje o Curso Online de Escrita Criativa – VALE O ESCRITO – Edição de Bolso – com Fal Azevedo.


O curso é online – isso significa que você vai fazer cada aula individualmente, no seu ritmo, pela internet, no conforto da sua casa, no horário que lhe for mais conveniente.


Edição de Bolso – pois será todo conduzido por e-mail. Pelo e-mail você receberá os módulos e exercícios, pelo e-mail enviará as atividades desenvolvidas e também pelo e-mail receberá a avaliação de seu desempenho e o módulo seguinte.


Tudo isso num atendimento individual e personalizado, que já é marca própria de Fal Azevedo.


Se você tem um projeto de livro, uma tese de mestrado ou de doutorado pra escrever, ou apenas busca aprimorar seu registro, vem cá, meu bem.
O curso tem certificado, caso você queira colocar o testemunho do nosso projeto numa moldura bonita.


O pagamento pode ser feito em até seis vezes no cartão e quem pagar à vista, com depósito, tem 15% de desconto.
6 x 160,00 no cartão
ou
R$816,00 à vista por depósito.


Escreve pra gente: valeoescritooficinas@gmail.com e vamos começar esse projeto juntos!