(o nome que as coisas têm)

Às vezes, acho que todo mundo já passou por isso, tentamos escapar da atenção de alguém.

Não, não estou falando de nada sexual ou abusivo, não estou falando de assédio. Estou falando de atenção indesejada. 

Às vezes mesmo uma atenção amistosa e gentil, é registrada por nós como indesejada, por algum motivo, por vários motivos.

E, às vezes, a nossa atenção, amistosa e gentil, é registrada como indesejada. Hora de baixar a cortina, Fal. Sério mesmo. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *