Sodoma e Gomorra

  • por

Revoltado com as bizarrices sexuais que rolavam em Sodoma e Gomorra, Deus, que não tinha mais nada para fazer, mandou dois anjos para resolver a parada.

Era uma terça feira e não chovia. Estava Ló sentado à porta de Sodoma, limpando a unha do pé com o canivete. Ao avistar os dois anjos chegando, encheu-se de alegria: “Hoje eu tenho parceria pro caxangá!” Sem demora, convidou os dois para jantar e passar a noite em sua casa.

Antes que se deitassem, porém, todos os varões de Sodoma cercaram a casa de Ló gritando para que saíssem os dois hóspedes para ter com eles. O que na época não significava coisa boa.

Ló, que conhecia bem a rapaziada, saiu sozinho, fechou a porta atrás de si e disse:

– Meus irmãos, não façam mal aos moços. Eu tenho duas filhas que ainda não conheceram varão, façam com elas o que bem entenderem, mas não façam mal aos moços.

Ló era um cara hospitaleiro. Ungido de Deus.

A galera não gostou:

– Ló, tu chegou aqui esses dias, já está querendo ser juiz da parada? Sai da frente que vamos entrar!

Nesse momento, um dos anjos abre a porta, puxa Ló pra dentro e num passe de mágica cega todos os varões do lado de fora e eles não conseguem mais achar a porta – juro por Deus!

Os anjos, prontos pra matar geral, perguntam a Ló:

– Tem mais alguém da tua família que queira poupar? – Nepotismo ainda não era crime na ocasião.

Sodoma e Gomorra tavam mais sujas que pau de galinheiro no conceito do Divino. Gomorra mais do que Sodoma, pois sodomia todo mundo sabe o que é, mas gomorria a gente não tem nem ideia. Inclusive, segundo Veríssimo, era pra Gomorra que a rapaziada de Sodoma ia todo sábado à noite, modos que os anjos vieram com a missão de não deixar nada em pé, mesmo!

Ló e sua família receberam a ordem de partir, sem olhar pra trás. Então Deus fez chover fogo e enxofre sobre Sodoma e Gomorra, ferindo de morte os direitos autorais de metodologia e uso de materiais de Dom Capeta, que guardou esse rancor bem guardadinho pruma vingança posterior, que acabou por custar bem caro a Jó, décadas mais tarde, mas essa é outra história, voltemos.

A mulher de Ló não segurou a curiosidade, olhou pra trás e virou uma estátua de sal.

Sobrou Ló e suas filhas que foram morar em uma caverna. Numa noite de sábado, quem sabe com saudade de Gomorra, a mais velha tem a ideia de embebedar Ló e engravidar do pai. No dia seguinte é a vez da mais nova.

Tão lindos são os desígnios de Deus, não é mesmo? Tendo poder sobre todas as coisas e comandando os destinos decide o futuro da humanidade por meio do estupro e do incesto, num combo fantástico que só poderia constar em um livro sagrado de inspiração celestial.

Gênesis, capítulo 19, versículos 24-38

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *