Sonhei que a neve fervia

R$45,00

“Não deixe que a dor cale suas palavras”, dizia o e-mail que a escritora e tradutora Fal Azevedo recebeu dias após a morte do marido, Alexandre, em agosto de 2007. Mas como continuar depois uma perda como essa? Como acordar, escovar os dentes, trabalhar? A incredulidade, a raiva e a tristeza, e também o relato do amor de uma vida e da solidariedade e carinhos oferecidos por amigos e desconhecidos estão em Sonhei que a neve fervia, novo livro da autora de Minúsculos assassinatos e alguns copos de leite.

E em meio à dor, Fal (re)encontrou sua voz – culta, engraçada, ferina, auto-depreciativa, mas, ao mesmo tempo, brutalmente honesta e transparente. É pela escrita – seja por meio de textos publicados em seu blog, o popular “Drops da Fal”, reflexões, e-mails e mensagens de amigos e seguidores do site – que o leitor acompanha a jornada da autora. Às vezes, impotente diante da impossibilidade de mitigar um sofrimento tão além do que parece ser possível; outras, com um sorriso no rosto e uma gargalhada ao ler um comentário espirituoso. Entre detalhes do cotidiano, como os transtornos causados por um cano furado, e reflexões sobre o luto e a luta, Fal Azevedo deixa um testamento de sua história – a história de um grande amor. Por isso mesmo tão singular, e tão universal.

Categoria:

Livro de relato

383 páginas

Se você for mandar de presente para alguém e quiser que o Drops mande direto ao endereço do presenteado com um cartãozinho, depois da compra efetuada entre em contato com o whatsapp 41 992800083 Suzi

Peso 0.450 kg
Dimensões 21 × 14 × 2 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Sonhei que a neve fervia”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *