Pedra fundamental

João 1:1 diz: “No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” (Versão do tradutor João Ferreira de Almeida)
João 1:1 diz: “No princípio, era o Verbo, e o Verbo estava em Deus, e o Verbo era Deus.” (Versão do tradutor Pe. Matos Soares)

É provável que, antes de serem escritos, os textos bíblicos tenham sido transmitidos oralmente por gerações.

A partir da transcrição em pergaminhos, as escrituras bíblicas migraram de idioma conforme foram migrando os povos sobre os quais se falava.

A Bíblia foi escrita em vários lugares. O Velho Testamento na Babilônia, para onde os hebreus foram levados em cativeiro no século VI a.C. e no Egito. Já o Novo Testamento foi escrito na antiga Palestina. Então parte do Império Romano, na Síria, Ásia Menor e Grécia.

O Velho Testamento foi inicialmente escrito em hebraico, que era o idioma mais usado antes do cativeiro e também o idioma litúrgico.

Depois do cativeiro, o povo judeu passou a falar o aramaico e quando Alexandre, o Grande, conquistou o Oriente Médio, judeus emigraram para vários lugares do seu império onde se falava o grego.

Histórias contadas ao redor do fogo tomaram forma escrita e chegaram até nós por meio de línguas que se firmaram por conquista, reação ou construção de identidade.

Não sem antes passar pelo crivo da tradução, que identifica o texto com a impressão de hoje, sem a emoção que originou a fala e sem a precisão impossível da intenção do texto.

Falaremos destes escritos, notadamente as histórias. Sem fugir ao verbo, sem negar as falas e assumindo por completo não o que foi escrito, pois isso jamais saberemos, mas o que nos foi legado pelas traduções.

E sobre elas teceremos nossas impressões e investigações pertinentes, contribuindo assim de forma definitiva para o trabalho dos futuros tradutores que, se não foram capazes até hoje de conferir brilho às escrituras deve-se unicamente ao fato de ninguém, ABSOLUTAMENTE NINGUÉM, ter-se debruçado com seriedade sobre os textos e se preocupado em extrair deles uma compreensão cabal da mensagem.

Podem trancar a matrícula na catequese e abrir o vinho!
No Princípio Era o Verbo, chegou!

Home Nova

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *