O destino da mulher apaixonada, ricota defumada, as cousas que a astrologia nos ensina, azeite

O destino da mulher apaixonada e sem autoestima (eu ia mesmo era dizer “feia”) é virar confidente. A gente se sujeita a isso porque não tem autoestima. Ah, e porque é feia.

*

Assim sendo, vemos fotos que nos entristecem, ouvimos confidências que nos estraçalham, desejamos o melhor pruma vida onde absolutamente nao caberemos e sorrimos. Sorrimos demais. Mulher feia sorri que é uma grandeza.

*

Sei que falo demais a respeito de ricota defumada, mas Deus do céu que coisa deliciosa.

*

Se a astrologia me ensinou alguma coisa foi a não fechar pacote de aula de espanhol pra astrológo.

*

Azeite. A felicidade ao alcance de todos. Se tiver numa garrafa bem linda, então, nossa.

*

A mulher cujo gaveteiro cabe na cozinha, entre a geladeira e a parede, não quer guerra com ninguém.

2 comentários em “O destino da mulher apaixonada, ricota defumada, as cousas que a astrologia nos ensina, azeite”

  1. Eu sorrio demais. Gargalho. Na foto – sim, agora tenho fotos para me maltratar mais olhando-as vezes e vezes – dá quase pra escutar o riso. Eu escrevi uma carta há meses e meses, para ser enviada quando já não houvesse nenhuma esperança – porque desde o primeiro momento eu sabia que era uma questão de tempo – e ela diz algo tão parecido com isso aqui que você escreveu de forma tão mais direta: “desejamos o melhor pruma vida onde absolutamente não caberemos e sorrimos” que até me sinto menos tonta.

    1. Parei de sorrir hoje, amore. Sabe que eu fiquei doente e nao mereci um “fal, melhorou”? Porra uu sei que vc sabe pq te falei isso no whats, mas falo de novo. A gente pergunta té pro filho da prima da vizinha do oculista “oi, vc melhorou?”. nossa. meu peito está dilacerado. Mas, olha. A foto de hoje, se aquela foto, não fizer crever cabelo no meu peito, pelamordedeus. É porque eu não tenho mesmo espinha dorsal. Mas olha. Nem o Alípio Martins sofreu que nem tou agora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *