Sonhos duma domesticidade inalcançável, empadinhas, trabalho até tarde no domingo, filminho do Branagh, pão-com-manteiga (não, não tem hífen, mas deveria ter, viu), sangue no canto de cada unha roída, zero limpeza e arrumação. Nem domingo, nem caderninho, nem você, nem seus olhos estranhos, hoje foi só assim.

#DomingoCaderninho

2 comentários em “”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *