Diário de um mundo que acabou – hoje não tem

Hoje não tem Diário de um mundo que acabou porque tenho que escrever um texto e acontece que sou monotarefa e só consigo fazer um por vez. Aliás, sou monotarefa na vida e só consigo fazer uma coisa de cada vez mesmo.

Aliás, no dia que tivermos mais intimidade e eu tiver derrubado umas duas garrafas de vinho – um bregétis nada difícil de acontecer – contarei a vocês uma das passagens mais engraçadas do meu casamento.

Por ora, fiquem com a visão de parte das minhas amadas prateleiras. Já teve visita aqui dizendo, com cara de nojo, “nossa, Fal, não sei como você consegue viver com isso” e eu nem botei na rua imediatamente, pra vocês verem como sou gentil. Mas o fato é que adoro as minhas prateleiras, especialmente essa parte delas, a visão que tenho quando estou na cama vendo séries ou sonhando de olhos abertos.

6 comentários em “Diário de um mundo que acabou – hoje não tem”

  1. Eu sempre me encanto com seu talento. Com seu multitalento. Não só escreve bem, escreve dum jeito que parece que é pra cada um que lê. Uma escrita que sabe ser empurrãozinho e abrigo. Não só desenha, mas desenha de uma forma que parece que adivinha o que a gente precisava ver. Um desenho que é brecha, fresta, promessa.

    PS. derrubei duas garrafas de vinho na quinta, 8 long necks de cerveja ontem, eu tô pronta pra ouvir a sua história

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s