Pisando em terra firme

Volto para você como quem volta para um velho hábito malvado. Volto, volto. Volto a falar com você como quem pisa em ovos, mas também em flocos de algodão. Volto a falar com você como quem volta aos soquinhos, aos soluços, aos sorrisos. Volto a falar com você como quem volta quase sem querer e a toda velocidade, com cuidado e esbarrando nas coisas, derrubando pratos, tropeçando nas flores do tapete, desmaiando de calor, fazendo um barulhão e acordando o cãozinho. Volto para você baixando as músicas que adoro, sem conjugar o verbo “nosso”, sem pensar no que encontrarei. Volto a falar com você, com você, com você, bebendo café pelando de quente, ligando aí sem apertar o botão de “complete a ligação, por favor”, fazendo risotos lindos que não dividimos, lavando a louça quando é tarde da noite e a Marli chora de dor nas costas, alimentando o gatinho doente e pedindo baixinho que ele fique bem, fique bem. Volto à ideia que tenho de você, ao nada, ora, aos muitos nadas, celebrando a vitória do candidato com todo mundo, menos com você, medindo a temperatura da água com a ponta do pé e me tacando na piscina sem tirar a viseira. Volto a falar com você, e apenas com você, enquanto coleciono coelhinhos e rinocerontes e passarinhos e melhoro a receita da caponata, enquanto sinto frio aos trinta e quatro graus (é sério, estou de meias), enquanto não faço planos e, ainda assim, traço rotas minuciosas para lugar absolutamente nenhum. Volto, volto, volto. Volto a falar com você todos os dias, a cada momento, enquanto planejo a dominação mundial e mantenho Antão e Peixoto abastecidos de balas de menta e biscoitos, enquanto compro flores e pastéis toda semana, enquanto atraso o envio do texto, enquanto este país me desespera um tanto e me cansa mais ainda. Volto a falar com você e o Drexler canta e o seriado dos zumbinhos acaba outra temporada e as folhas do caderninho se soltam e um novo capítulo chega e eu, olha só, eu realmente não deveria.

2 comentários em “Pisando em terra firme”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *